terça-feira, 6 de abril de 2010

O papa me pegou

(por Gabriel)

Manhã da quinta-feira passada. Abri o browser e li, nos destaques de manchetes da imprensa:

Bento XVI diz que cristãos devem cumprir leis, exceto...


"...exceto quando estas contrariam as Leis de Deus", já fui eu completando, me achando espertinho. Imaginando que não ia ver nada de novo, cliquei no link para a matéria d'O Globo.

E aí tive ligeira surpresa:


Opa! "Injustiça"? Estaria o papa falando do mundo político secular?
Estaria se pronunciando contra a tortura e a guerra? Estaria incitando as pessoas a sublevarem (desobedecer leis!) contra governos repressores?
Bem, certamente ele não estaria defendendo as Farc ou coisa parecida. De que "injustiça" falava o Santo Padre?

Aí eu fui ler o primeiro parágrafo:

Cidade do Vaticano, 1 abr (EFE).- O papa Bento XVI disse, nesta quarta, durante a Missa Crismal que os cristãos devem cumprir o que prevê o direito, "mas não devem aceitar injustiças, mesmo que estejam previstas em lei, como, por exemplo, quando se trata do assassinato de crianças inocentes ainda não nascidas".

....aaaaahhh bão.
É o bom e velho papa de sempre. Bentinho e nossa imprensa tupiniquim, sempre nos pregando peças!

.... Depois é que me toquei: não é que, sutilmente, o malandro disse justamente o que eu achava que ele ia falar no meu primeiro palpite?

3 comentários:

Marcel disse...

Cara, e sabe, apesar dos silogismos e construções pseudofilosoficas, eu acabei lendo um certo site (associação ultra conservadora católica) sob a alcunha de Associação Cultural Montfort, que aplaudiria tal posicionamento.
Citei a dita associação só a título de peculiaridade (chega a ser engraçada e até deixar postado aqui um pedido para o Wilbor escrever algo sobre a mesma).
Bom, também não pensaria que o Bispo de Roma fosse incitar o descumprimento civil da sociedade.
...Aproveitando, tá vivo ai no Rio, Guabriel?

GABRIEL disse...

Pois é, Marcel! Calamidade pública total por aqui, mas eu não cheguei a sofrer nada... a situação estava tão caótica logo de manhã que as aulas foram suspensas e fiquei em casa.

Vamos ver amanhã... a chuva, embora fininha, ainda não parou: já completa 26 horas seguidas.

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Ah, mas esse papa é um safado...rsrsrs!!!

Eu estou há alguns dias pensando em escrever algo (de novo) sobre o paparrazzinger, em virtude da "recente" onda de "fofocas" que tomou conta do Vaticano. Tanto que quando vi o título do post "o papa me pegou" pensei "hummmmmmmmm..."

Quanto ao tema abordado, de que forma pensa o papa que os cristãos devam proceder em relação às injustiças? Pra quem leu o artigo linkado pelo Gabriel, diz o papa que Cristo não vence pela espada, mas sim pela cruz.

Enquanto a única atitude católica contra o direito de escolha das mulheres for uma corrente de orações, não me incomoda.

Marcel, quanto à Associação Cultural Montfort, só dei uma espiada agora, e já dei muita risada. Certamente estará contemplada no próximo post sobre o papa, que prometo, sai em breve.