segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Grandes nomes dos quadrinhos: Henrique Frutuoso


Bookmark and Share

2 comentários:

Gabriel disse...

Que interessantíssima é essa HQ. Tem uma coleção gigante de referências a estilos diferentes de ficção e quadrinho. ("Vila Caracol", hahahahaha!)

A composição é poluída, meio caótica; as palavras parecem não ter lugar marcado, ficam sempre nas sobras das imagens; ainda assim,há uma delicada ordem em tudo, e as linhas horizontais azuis que separam as "tiras" da página dão a impressão de que ele quer reproduzir algum tipo antiquado de diagramação jornalística.

Detalhe 1: o maior momento da carreira de "Frutuoso" é o maior quadro, no centro da página;

Detalhe 2: os 3 quadros que representam, respectivamente o ínicio, o auge e o fim da carreira do "ator" estão os três sobrepostos às linhas azuis, e não apenas acima e abaixo delas como todos os outros quadros menores.

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Não tinha reparado na linha azul, eu tinha entendido como uma diagramação propositadamente tosca.

Pra mim, parece uma página de livro de recortes, as palavras colocadas onde cabem, as figuras maiores coladas por cima de todo o resto.

"Vila Caracol" eu achei ótima, mas também ´a única que apresenta uma sequência completa, e logo num formato que o Laerte domina como ninguém: os 3 quadrinhos. É meio estilão "Turma da Mônica", cada quadrinho com um fundo colorido diferente, os olhos e formato da cabeça da Bibi, o nome "tio Guariba".

Vendo essas coisas, eu fico achando que o Laerte podia ter uma frequência maior na "Folhinha" e "Folhateen", talvez quinzenal (afinal, depois que se descobriu que o Angeli fazia charge daquele jeito, ficou com espaço no editorial em dias intercalados.