sexta-feira, 3 de agosto de 2007

A politização do acidente da TAM

Quando foi a última vez que um acidente aéreo pôs um presidente da república em cheque, em qualquer país?

Acidentes aéreos, apesar de raros, comovem muito. Porque morre muita gente de uma só vez, e porque quando cai um avião ninguém tem chance mesmo.

Agora, que as coisas começam a se esclarecer, fico com alguns pensamentos:

Os pilotos, antes do pouso, perguntam à torre sobre as condições da pista, e são informados de que a pista está molhada e escorregadia. Um confirma a informação para o outro.

Antes disso, um deles lembra o outro de que tem apenas um reversor funcionando. O outro confirma.

Ambos sabiam que a pista de Congonhas é curta e não tem as ranhuras...

O que eles fizeram? Pousaram mesmo assim. Se alguém pilotando um avião cheio de gente e combustível soubesse que um pouso em pista curta, molhada e escorregadia, sem um reversor resultaria em morte, procederia com pouso mesmo assim? E os vários pilotos que depois do acidente relataram problemas na pista, porque pousavam?

Pra mim é simples: o pouso é um dos momentos mais tensos de uma viagem de avião, senão o mais tenso. É natural que numa pista mais curta, sob chuva, as coisas fiquem mais difíceis. Mas Congonhas certamente não é o pior aeroporto do mundo. E certamente não é o pior do país. Os aviões são projetado pra pousar com chuva, em pista sem ranhura nenhuma, em pista com velhinha na frente...tanto que sempre o fizeram e continuam fazendo.

Uma pista mais longa, com ranhuras e área de escape poderia ter evitado as mortes? Certamente. Uma pista mais curta, sem ranhuras e sem área de escape resulta em acidentes? Absolutamente. Ou este não teria sido a primeira vez.

Engraçada a maneira como nos entregam as notícias: houve três acidentes similares, com o mesmo modelo de avião com um reversor travado. Porém, pistas mais longas evitaram que houvesse fatalidades.

Dá pra olhar de outra forma: se houve três casos recentes, com o mesmo modelo de aeronave, com o mesmo reversor travado, não seria melhor idéia pousar em outro lugar? Talvez não, já que os dois experientes pilotos assumiram o "risco". Porque? Porque jamais lhes passou pelas cabeças que morreriam ali, porque sabiam que dava pra pousar, porque fizeram milhares de vezes antes. E se o mesmo avião pousasse em Guarulhos, o avião virasse à esquerda e acertasse o terminal de passageiros? Parece que a pista de Congonhas funciona muito bem, desde que os caras não saiam da pista...assim como Cumbica é ótimo, desde que o avião não bata no terminal de passageiros...ou em outro avião.

Aí, de repente, pilotos da TAM concedem entrevistas AUTORIZADOS PELA COMPANHIA falando sobre o pavor que é pousar em Congonhas...e pilotos da Gol fazem o mesmo.

Não parece que as companhias querem tirar o corpo fora? Não parece que a TAM não cuidou direito de seus aviões?

Apesar de tudo isso, a culpa é do governo.

Aí, a gente pensa sobre como essa merda toda começou: o acidente da Gol, também culpa do Lula...

Culpa do governo, porque uns pilotos americanos desligaram o transponder, que evitaria a colisão para testar manobras...ou porque o transponder do avião da Embrare não funcionou direito.

Ora, vale lembrar que aquele acidente é rarissississímo!! E que antes dele, não tinha buraco nenhum na cobertura de radares, os controladores trabalhavam felizes, liberando os aviões nos intervalos usuais, não tinha problema de atraso, fila nos aeroportos, greve de militares ou qualquer coisa do gênero.

A coisa só chegou a esse ponto, porque a crise aérea criada em torno do acidente da Gol foi tão grande, que se relaciona com o acidente da TAM, sendo que um não tem absolutamente nada a ver com o outro.

"Ah, mas o se o sistema fosse melhor nãoa contecia!"

Será?

Pode até ser, mas se as estradas fossem melhores morria menos gente, se os salários fossem maiores morria menos gente, se a educação fosse melhor morria menos gente...difícil é encontrar qualquer sistema público de qualquer coisa funcionando em seu estado ótimo.

As coisas eram ótimas antes? Não se morria nas estradas, ou nas filas dos postos de saúde, ou de desnutrição? Se a PM de São Paulo fosse melhor teriam morrido 111 no Carandiru em 92?

Será que passou pela cabeça dos parentes das vítimas do Carandiru culpar o Fleury pela morte dos seus?


Bookmark and Share


 

3 comentários:

G; disse...

Cara, é interessante que estes dias mesmo eu estava me dando conta do tamanho da manipulação mediática feita em torno do desastre, e estava revoltadíssimo... caralho, pensei em postar alguma coisa. Bom que vc já postou.

Nunca tive simpatia pela figura de Hugo Chavez; no entanto, depois de saber o comportamento da mídia venezuelana por ocasião do golpe e sentir em primeira mão o que tem ocorrido aqui nestes últimos anos

-- culminando na cobertura vergonhosa desse acidente (até agora, ao menos...)

-- ... minha opinião é:
PAU NO CU DA RCTV.



e tenho dito.

Marcel disse...

Parece teoria da conspiração... Mas sabe que todas as conclusões levam a uma grande marcha contra Lula... Tá colocar assim chega a parecer forçado, mas que parece, ah, isso parece!!!...
Mas a pergunta fundamental é: "qual o motivo?"
Acho que não há um motivo e sim um movimento anti-Lula que simplesmente flui desde as épocas de barbudo arredio, e esse sentimento deveria estar adormecido, dai alguém grita: "mata o sapo barbudo" e o povo vai atrás, por um sentimento preexistente, em um verdadeiro etiquetamento cultural anti-povo... Na realidade é o povo, principalmente a classe média, com um complexo de si própria, reflete o medo do povo de si próprio... Como o povo pode deixar o povo governar??? “Olha ele não tem curso superior... Como podemos ser governados por alguém como nós??? Essa seria a pergunta real...
Isto tudo, sem falar no “Cansei” que é absurdamente ridículo, especialmente por estarem sendo mais hipócritas que os políticos que criticam ao dizerem que o movimento é apolítico.
Tá bom, chega... já deixei minha mente viajar demais e o pior que sinto traços freudianos nessa minha linha de raciocínio especulativa e se minha namorada (que é comportamentalista) ver isso eu to ferrado...
Mas que parece, ah, isso parece...

Marcelo disse...

A Pri vai achar lindo...já te condicionou a encarar freudianismo como comportamento indesejável...hehehe!