segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

E eu fiquei feliz por ter achado isso engraçado

Pois é, o Wilbor é reconhecidamente um espaço de exercício do humor obscuro. Muito da obscuridade de certas piadas vêm de fazerem sentido apenas a uma determinada categoria envolvida. Pois é aí que chega este post.
Através do blog de S. McCloud, cheguei num texto que me fez rolar de rir. Eu ainda não tinha tido contato com isso: humor voltado especificamente para designers gráficos! E fiquei feliz porque, mesmo não sendo um designer gráfico, não só entendi como genuionamente ri às gargalhadas.
Sobretudo porque eu sou um dos alvos do texto.

***

Eu ODEIO comic sans. Juro. Já há mais de uns 8 anos -- desde antes de começar a estudar e a me preocupar com escolha de fontes -- eu a acho uma letra feinha, fuleira, pouco fluida e infantilizada. De vez em quando vejo pessoas que gosto comentando como acham ela legal; volta e meia um(a) aluno(a) tem a infeliz idéia de usá-la num trabalho. Já pensei em escrever a respeito no blog, mas o assunto me pareceu irrelevante demais.

Aí, via McCloud, cheguei à seção "pequenos monólogos imaginados" (short imagined monologues) do blog da revista McSweeney's, e descobri que não estou sozinho em meu ódio.
E é pra nós, os desprezadores, que Mike Lacher escreve a hipotética resposta indignada da própria fonte: "I'M COMIC SANS, ASSHOLE". Traduzo livremente aqui o primeiro parágrafo:


SOU COMIC SANS, SEU BOSTA
Escuta aqui. Eu sei da merda que você tem falado aí pelas minhas costas. Você acha que sou estúpida. Acha que sou imatura. Acha que sou um malformado e patético rascunho de fonte. Bom, pense de novo, nerd de merda, porque eu sou Comic Sans e sou a melhor coisa que aconteceu à tipografia desde o porra do Johannes Gutenberg. 

Agora, vá lá no original e leia o resto, que é muito bom e estou sem tempo e muito menos disposição de traduzir tudo.

Outro monólogo obscuro, nerd e engraçadíssimo é este: O cara que escreveu o texto flutuante no início de O Império Contra-ataca critica o texto flutuante de O Retorno de Jedi usando uma série de slides animados de powerpoint que envolvem um número de fotos comprometedoras de George Lucas.

Sim, isso é o título.

2 comentários:

Pedro Caluzni Girnos disse...

hahahhahah! mto bom Gabriel! Realmente a Comic Sans não é das fonte mais aprazíveis. Por falar em piadas específicas veja este vídeo sobre fontes, é muito hilário:

Font Conference:

http://www.youtube.com/watch?v=i3k5oY9AHHM

Abração!

Gabriel G; disse...

Oi Pedro! O vídeo é muito engraçado mesmo. Gostei mais ainda do outro vídeo marcado como "resposta" a ele, você viu?

Grande abraço!