sexta-feira, 25 de junho de 2010

Infomania

Este é um programa americano que assisti na semana passada e que achei muito, muito engraçado. Ele basicamente comenta a mídia, o que aparece na mídia, mas com um humor bem afiado e interessante.
Eu já conhecia e gostava de um dos blocos dele -- o ótimo "Target: women", onde a comediante Sarah Haskins tira sarro dos estereótipos machistas presentes em propagandas de produtos femininos (conheci através do "falecido" Blog da Marjorie). Com exceção de uns poucos momentos, o programa inteiro vale muito a pena assistir.

Por coincidência, o primeiro e único episódio que assisti até agora foi justamente um feito na época da morte de Michael Jackson. Por isso, resolvi colocá-lo aqui como parte do "memorial" jacksoniando...




(Prestem atenção na parte em que mostram como o pai de Jackson usa o breve momento sob os holofotes ocasionado pela morte do filho para... fazer propaganda de sua gravadora. É constrangedor.)

6 comentários:

livia stevaux disse...

O Marcelo da uma olhada nos programas TVR, Zapping e 6,7,8 daqui da Argentina. Todos fazem piadinhas com a midia, com os midiaticos e etc. 6,7,8 e tao governista e cara de pau que eu parei de ver, TVR tambem, na briga do Clarin com o governo escolheu o lado do governo (porque obviamente todo argentino TEM por obrigacao civica escolher um lado na disputa). O zapping e o mais bobinho e todos, como tanta briguinha dos semifamosos que da ate sono... mas enfim, vale a mirada pq acho que nao tem nada parecido na tv brazuca.

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Oi Lívia,

valeu pelas dicas, dei uma olhada em cada um deles. O que fica de interessante é essa coisa que você destacou de que todo argentino tem o "dever cívico de escolher lados"...daí esse tipo de programa ter tantas variações por aí (são na TV aberta?)

Aqui a gente tem coisas meio parecidas só no cabo, já nos States, o formato é até meio comum, bem como os de jornalismo-comédia.

apareça!

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Ah, e obviamente eu perdi muita coisa no pouco que vi: falta do espanhol porquíssimo e do desconhecimento do que se passa por aí em termos políticos de maneira mais específica.

GABRIEL disse...

O que você achou do programa, Marcelo?

(eu fiquei alguns dias cantarolando comigo "Rocket butts... Rocket butts...")

GABRIEL disse...

Lívia, essa coisa política da Argentina é algo sobre o qual tenho pensado desde que fui a Buenos Aires pela primeira vez e comprei um livro de um cartunista exageradamente virulento. O que acho engraçado é que, apesar da alta "politização", a política Argentina constinua desastrosa (ao menos pelo pouquíssimo do qual fico sabendo).

Tenho um post cozinhando há meses, (ao qual penso em dar um nome provisório de "Sídrome do panelaço") que compara Buenos Aires e Rio de Janeiro nesse quesito.
(Carioca continua achando que o ruim do governo federal é não estar sendo "vigiado" pelo povo de pertinho -- ou seja, não estar no Rio de Janeiro -- mas continua elegendo merdas impressionantes...)

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

"Rocket Butts" is sure catchy!

Eu achei legal, e conheço algumas coisas parecidas, em diversos formatos. Gosto muito do John Stewart:

"http://www.thedailyshow.com/

Eu acompanhei boa parte da cobertura das eleições americanas através desse programa. Nesse caso a ênfase são outros programas jornalísticos, mais parecidos com os que a Lívia recomendou.