terça-feira, 2 de março de 2010

Maringá, Maringá

Bom, esse é um post de despedida. Hoje, 02 de março de 2010, cheguei em São Paulo de forma definitiva. Minha família se mudou para Maringá no dia 22 de março de 1984. Isso dá quase 26 anos (descontando 1 ano morando nos EUA, quase 25 anos). Eu tinha pouco mais de 5 anos de idade, alguns amiguinhos de escola em São Paulo e um tio em Maringá. Acreditava que o ginásio do Chico Neto era um disco voador, convencido por um primo que até me levou à sala de comando - na verdade, as cabines de transmissão de rádio e TV.

Nossa mudança para Maringá foi positiva em muitos aspectos. Em São Paulo minha mãe trabalhava como pesquisadora na USP, cargo não estável e não tão bem pago. Em São Paulo, educação privada era coisa muito cara pro nosso orçamento, bem como todas as outras atividades estracurriculares, como karatê, natação, desenho, inglês, música...no Paraná tivemos opotunidade de conseguir tudo isso e mais um pouco.

Além disso, em Maringá estão ou estiveram praticamente todos os meus grandes amigos, que não foram poucos. Em Maringá fiz Engenharia, Direito e Geografia, em Maringá tomei minha primeira cerveja, e em Maringá beijei uma maringaense pela primeira vez. Em Maringá me tornei católico, e depois ateu.

Acho a cidade muito bonita, relativamente limpinha e com muito verde, o que é bom. Também tenho um orgulho bastante grande da Universidade daqui, acredito que vá se tornar, de fato, uma das grandes instituições de ensino superior do país. Acho que Maringá sem a UEM seria um lugar muito pior pra se viver, pouco diferenciada das outras cidades de médio porte que sobrevivem exclusivamente da agricultura.

Eu acho que a minha ida para São Paulo é bom presságio para a cidade. na minha vida, toda vez que eu saí de um lugar definitivamente os caras fazem mil e uma melhorias:

- Quando saí do Marista fizeram um puta Teatro e um Ginásio High-tech;

- Quando saí da Engenharia, os caras ganharam um bloco novo, com auditório e elevador;

- Agora que eu saí da Geografia, irão construir um novo bloco, que irá comportar os novos computadores que estão empilhados por falta de espaço.

Só do que eu sei, a cidade ganha esse ano um novo shopping, desses com muitos cinemas. Tá bom pra começar. Mas eu sinto que algo maior vem por aí, talvez construam um metrô mesmo, sei lá.

Por fim, gostaria de agradecer a todos os amigos que tornaram a minha vida aqui tão melhor...não cito por nome pra não deixar ninguém de fora. Muito obrigado!


Bookmark and Share



6 comentários:

Marcel disse...

Marcelo, é com muito pesar que vejo você indo embora.
Uma porque você foi, e com certeza continuará sendo, um dos meus grandes amigos, dos quais reservo a um pequeno clã em que você pode contar com os dedos das mãos.
Outra, é que infelizmente com a sua ida pra São Paulo, meu último amigo de longuíssima data se vai da cidade de Maringá (na verdade ainda resta um, mas por questões circunstanciais, contato freqüente não é mantido).
Bom, então é isso. Oxalá, dê tudo certo em Sampa, que muitas experiência boas de vida e de estudo lhe aconteçam.
Grande abraço!!!

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Pois é Marcel...

Eu fui ficar triste faltando um dia pra mudança, sentirei a sua falta também, esteja certo - quanto "clãs" pequenos, o meu também daria pra contar nos dedos das mãos, ainda que eu tivesse uns dedos a menos.

Mas enfim, as vidas de todos vão se ajustando, daqui uns dias a gente cai nas novas rotinas e pronto. De vez em quando estarei por aí, e fique sempre à vontade para aparecer por aqui.

Abração!

P.S. Agora já tem internet por aqui também.

Vicente disse...

Putz, acabei de postar no meu blog, e intitulei o post de "Maringá, Maringá". Juro que não havia lido o teu post antes! Será que os memes existem mesmo? Trocadilho desgraçado!

Sucesso nessa tua nova vida, e volte sempre! Daqui a pouco (tempo) apareço por aí.

Continuamos a conversar online, via blog, email, etc.

Abraço!

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Hehehe...isso não é memética, está no campo das ciências ocultas.

Não se preocupe que estarei voltando de vez em quando, e nesse meio tempo a gente vai mantendo a e-comunicação.

Abração!

Rachel disse...

Puxa vida Marcelo, mesmo longe já sinto a dor da perda!! Eu sinto falta dos sábados a noite na sua casa... De todo o sarcasmo, piadinhas, muitas fotografias e discussões Rio São Paulo... Bons tempos! Mas é isso aí, Maringá é muito boa cidade, mas muitas vezes fica pequena pra quem quer ser grande!! Sampa lhe cai muito bem, para uma pessoa de mente tão aberta e sem fronteiras!! Muito sucesso!! E agente se ve quando der!! Beijão da carioca!!!

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Oi Rachel!

Poxa, muito obrigado pela mensagem...mas como estamos longe e São Paulo é caminho entre Londres e qualquer outro lugar do Brasil, já deixo um convite pra você conhecer meu apê aqui. Até agora eu estou gostando bastante, to começando a me organizar por aqui.

Beijão!!