terça-feira, 30 de junho de 2009

Miguel filho do zé

Qual foi a notícia mais estranha que você leu relacionada à morte de Michael Jackson?

A que eu li (até agora) foi esta:

Mais de 1.500 detentos de uma prisão do centro das Filipinas dançaram neste sábado de macacão laranja ao som da música 'Thriller' em homenagem a Michael Jackson, constatou um jornalista da AFP.  Foto:Ted Aljibe/AFP

Presos dançam thriller
"Mais de 1.500 detentos de uma prisão do centro das Filipinas dançaram neste sábado de macacão laranja ao som da música 'Thriller' em homenagem a Michael Jackson, constatou um jornalista da AFP"


Bizarria à parte, esta notícia dá uma boa idéia da dimensão que Jackson teve.

Não posso dizer que lamento sua morte: aquilo que havia para se lamentar já havia morrido há muito tempo, e há tanto tempo quanto eu não tenho mais idade nem gosto para gostar de seu trabalho. Melhor que estava ele não ia ficar, eu já falei a alguns.

Porém, enquanto muitos dedicavam desprezo e zombaria à figura que ele se tornou, eu posso dizer sinceramente que o que sentia em relação às suas mudanças físicas, escãndal0s e esquisitices era desconforto... e mesmo pena por um homem tão perturbado e distorcido em tantos aspectos.

Mas eu gostava de Michael Jackson quando era criança.
E o pesadelo mais antigo que tenho na lembrança é dos meus quatro anos; é de acordar gritando de medo pelo Michael-lobisomen/Michael-zumbi de Thriller...
Isso é uma homenagem.


Bookmark and Share

7 comentários:

Marcel disse...

Olha, vou deixar um endereço do youtube que é o do "Golimar" que é uma dessas coisas do mundo artistico indiano (já que a India está em voga "globistica")... Me disseram que foi hit por lá, se é verdade ai é outra história... Eis o endereço (Michel não morreu!...):
http://www.youtube.com/watch?v=6MdpaoBbK8c&feature=PlayList&p=CCA3A76EEFB3E891&playnext=1&playnext_from=PL&index=24

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Talvez tenha reencarnado por lá...num boi branco e pedófilo.

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Nunca gostei do MJ, lembro, na verdade, de tirar sarro de um amigo que imitava muito bem os passos.

Não me comove muito a sua morte, não acho que o mundo pop (ou o mundo real) sentirão muito a sua falta e não acho "Thriller" um negócio genial.

Marcílio - o gêmeo malvado disse...

Segundo informações do "Oráculo do Milênio" os 1.500 foram presos justamente por terem desonrado o país ao dançar "Thriller" em praça pública.

Marcel disse...

Também nunca fui apreciador da música do Michel Jackson, mas nada contra sua expressão musical (apesar de, sinceramente, achar muito mais interessante em relação a black music a época dos Jackson Five), e ao invés da maioria, o que mais me lembrava não era o "Thriller", e sim de um joguinho do Mega Drive baseado em um clique, que só recentemente, com a morte dele, descobri que se chamava "Smooth Criminal"...
Mas, independente de todas as doenças psíquicas elencadas na CID que ele possa ter tido (a mais visível "dimorfismo físico") e como praxe de ser bom advogado dou o beneficio da dúvida quando sua indigitada pedofilia; ao meu ver a expressão musical dele, boa ou não, é coisa dele, quero dizer, é inovação dele, é marca registrada dele... No mais, Marcelo, paro por ai também a defesa e homenagens ao Michel Jackson, seria hipocrisia minha dizer que me comovi com a morte dele, de qualquer forma, me parece que apesar de tudo ele era um pobre menino rico arruinado pela própria mente... E como dizia outro cantor (esse sim eu tenho certa deferência, o grande Raulzito), "fim de papo"...

Gabriel disse...

Bom texto sobre o assunto no Blog da Marjorie... http://marjorierodrigues.wordpress.com/2009/06/27/da-corda-bamba-e-o-publico-devorador/

Paulo S. Sak disse...

Há um binômio para expressar Michael: talento x desperdício.

Nas madrugadas adentro, quando calhar de tocar um flash back dele na rádio, talvez eu me lembre disso.

Assim como assisto boxe e lembro o mesmo sobre Tyson.